Vacinas do bebê: saiba quais são e quando tomar

Publicado por: Letícia Lana Letícia Lana
30/09/2021
7 minutos de leitura
Bebê se vacinando no colo do pai

Depois de longos meses de espera, chega o momento mais aguardado da gestação: o nascimento do bebê. E junto com ele nascem uma série de responsabilidades e cuidados necessários com a criança. 

Tudo isso geralmente também vem acompanhado de muitas dúvidas e uma delas é sobre como funciona a vacinação em recém-nascidos e bebês. Por isso, pensando em descomplicar ainda mais a sua rotina, preparamos esse artigo com um guia de quais vacinas seu bebê precisa tomar do momento do nascimento até os 18 meses e quando elas devem ser tomadas.

Importância da vacinação na primeira infância:

As crianças têm uma menor imunidade porque o sistema imunológico deles ainda está em desenvolvimento e os seus anticorpos ainda estão em formação, os tornando um alvo mais fácil para a ação de vírus e bactérias e as tornando mais suscetíveis a desenvolverem formas graves de doenças como a coqueluche, infecção respiratória que, segundo o Ministério da Saúde, tem um maior índice de letalidade em bebês menores de um ano. 

Por isso, a imunização infantil é indispensável para garantir o crescimento saudável dos pequenos, já que é através das vacinas que oferecemos às crianças prevenção precoce, principalmente de doenças que podem deixar sequelas por toda a vida, como a poliomielite, também conhecida como paralisia infantil. 

Além disso, a vacinação infantil traz benefícios para toda a sociedade através do “efeito de rebanho”, ou imunidade coletiva, que é alcançada quando grande parte da população está vacinada contra uma doença, impedindo sua circulação entre os indivíduos por não haverem vetores suficientes para disseminá-la em larga escala. 

As crianças são essenciais no efeito de rebanho por conta do seu sistema imunológico em desenvolvimento e pelo fato delas passarem grande parte do tempo próximas de outras crianças e adultos, o que as torna vetores potenciais de inúmeras doenças.

Quais vacinas o bebê deve tomar? 

De acordo com a Sociedade Brasileira de Imunizações Brasileira (SBIm) as vacinas recomendadas do nascimento até os 18 meses de idade são:

Vacinas para recém-nascidos: 

  • Vacina BCG: é aplicada em dose única ainda na maternidade e previne as formas graves de tuberculose. Ela geralmente deixa uma marquinha no braço em que a vacina foi aplicada, que se forma até aos 6 meses. 
  • Vacina de Hepatite B: a aplicação da 1ª dose é recomendada nas primeiras 12 horas após o nascimento da criança. Essa vacina evita a hepatite B, que é uma infecção causada por vírus e que pode afetar o fígado e levar ao desenvolvimento de complicações ao longo da vida. 

Vacinas de 2 meses:

  • Vacina Tríplice bacteriana: 1ª dose da vacina que protege contra difteria, tétano e coqueluche, que são infecções causadas por bactérias.
  • Vacina Haemophilus influenzae b: 1ª dose da vacina que protege contra a infecção causada pela bactéria Haemophilus influenzae
  • Vacina de Poliomielite: 1ª dose da vacina que protege contra a poliomielite, ou paralisia infantil, que é uma doença grave causada por um vírus
  • Vacina Rotavírus: 1ª dose da vacina que protege contra a infecção pelo rotavírus, que é uma das principais causas de gastroenterite nas crianças. Essa vacina possui de duas ou três doses, dependendo do imunizante utilizado, e a segunda dose pode ser administrada até os 7 meses. 
  • Vacina Pneumocócicas conjugadas: 1ª dose da vacina que protege contra diversos tipos de bactérias pneumocócicas, responsáveis por doenças como meningite, pneumonia e otite.Essa vacina possui de duas ou três doses, dependendo do imunizante utilizado, e a segunda dose pode ser administrada até os 6 meses.

Vacinas de 3 meses:

  • Vacina Meningocócicas conjugadas ACWY/C: 1ª dose da vacina que protege contra meningites, que são infecções nas membranas do cérebro, e infecções generalizadas causadas pela bactéria meningococo dos tipos A, C, W e Y.
  • Vacina Meningocócica B: 1ª dose da vacina que protege contra as meningites e infecções generalizadas causadas pela bactéria meningococo do tipo B.

Vacinas de 4 meses:

  • Vacina Tríplice bacteriana: aplicação da 2ª dose.
  • Vacina Haemophilus influenzae b: aplicação da 2ª dose.
  • Vacina de Poliomielite: aplicação da 2ª dose.

Vacinas de 5 meses:

Vacinas de 6 meses:

  • Vacina da Gripe: 1ª dose da vacina que protege contra a gripe, uma infecção respiratória aguda. Nos bebês é necessário dar a segunda dose com intervalo de um mês, e revacinação anual com uma dose. 
  • Vacina Haemophilus influenzae: aplicação da 3ª dose.
  • Vacina de Poliomielite: aplicação da 3ª dose.

Vacinas de 9 meses:

Vacinas de 1 ano:

  • Vacina Pneumocócicas conjugada: aplicação de dose de reforço.
  • Vacina de Hepatite A: aplicação da 1ª dose da vacina que protege contra a infecção por Hepatite A, que ataca o fígado e pode causar complicações graves no órgão.
  • Vacina Tríplice viral: aplicação da 1ª dose da vacina que protege contra o sarampo, a caxumba e a rubéola.
  • Vacina  de Varicela: aplicação da 1ª dose da vacina que protege contra o vírus varicela, que causa catapora. 

Vacinas de 1 ano e 3 meses: 

  • Vacina de Haemophilus influenzae b: aplicação da dose de reforço.
  • Vacina de Poliomielite: aplicação da dose de reforço.

Vacinas de 1 ano e 6 meses: 

Vacinas para crianças

Vacinas para bebês no Labi

No Labi você consegue descomplicar ainda mais a vacinação do seu filho e ainda pode contar com as vacinas mais modernas e eficazes do mercado.

Com nossas vacinas, seu bebê toma menos imunizantes e conta com a mesma proteção: 

  • Vacina Hexavalente Acelular: protege contra Difteria, Tétano, Coqueluche, Meningite por Hib, Poliomielite Inativada e Hepatite B na mesma vacina. Ela junta em um mesmo imunizante a Vacina Tríplice bacteriana, Vacina Haemophilus influenzae b, Vacina de Poliomielite e a Vacina de Hepatite B.
  • Vacina Pentavalente Acelular: protege contra Difteria, Tétano, Coqueluche, Meningite por Hib e Poliomielite Inativada. Ela junta em um mesmo imunizante a Vacina Tríplice bacteriana, Vacina Haemophilus influenzae b, Vacina de Poliomielite.
  • Vacina Quádrupla Bacteriana Acelular: protege contra Difteria, Tétano, Coqueluche e Poliomielite no mesmo imunizante. Ela junta em um mesmo imunizante a Vacina Tríplice bacteriana e a Vacina de Poliomielite.

E qual os benefícios dessas vacinas? Com ela, o calendário vacinal do seu bebê fica mais simples, uma vez que você pode substituir até 4 vacinas por apenas uma. Assim, você garante a proteção do seu bebê com mais agilidade e praticidade e tudo isso no conforto do seu lar e pelos melhores preços do mercado.

Artigos Relacionados:

Vacinação em bebês: como acalmar os pequenos durante a imunização

Vacinação na gestação: quais vacinas posso tomar grávida?

Por que a Vacina Imunoglobulina Anti-Rh ou Anti-D precisa de pedido médico?

Imunização em tempos de pandemia: não deixe de tomar suas vacinas

Quer receber novidades? Assine nossa newsletter

Quer receber novidades? Assine nossa newsletter: