Teste de IST’s: saiba quando fazer

Publicado por: Letícia Lana Letícia Lana
18/12/2021
6 minutos de leitura
Profissional analisando amostra de sangue

Uma pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) estimou que, entre os indivíduos com 18 anos ou mais,  apenas 22,8% (ou 26,6 milhões de pessoas) usaram preservativo em todas as relações sexuais, 17% das pessoas afirmaram usar às vezes, e 59% disseram que nunca usaram preservativo.

O descuido e a falta do uso de proteção já são refletidos no aumento de casos de Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) no país. O Boletim Epidemiológico HIV/Aids, emitido pelo Ministério da Saúde, revelou um aumento de 64,9% das ISTs entre jovens de 15 a 19 anos e de 74,8% para os de 20 a 24 anos, entre 2009 e 2019.

Por isso, durante esse mês ocorre o “Dezembro Vermelho”, uma campanha de conscientização para a prevenção de IST’s que reforça a importância de se prevenir, mas também de respeitar as rotinas de check-ups, as quais incluem alguns exames e testes de IST’s

Formas de transmissão de IST’s:

As Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) caracterizam-se por infecções causadas por mais de 30 agentes diferentes, variando entre bactérias, vírus, fungos e protozoários, sendo transmitidas de maneira prioritária por contato sexual (oral, vaginal e anal). 

Eventualmente, também podem ser transmitidas por contato sanguíneo, e da mãe para a criança durante a gestação, o parto ou a amamentação. Algumas, no entanto, ainda têm outras formas de transmissão:

  • As hepatites B e C e o HIV/Aids também podem ser transmitidos por agulhas contaminadas, transfusão de sangue ou de mãe para filho (durante a gestação);
  • A sífilis também pode ser transmitida pelo beijo, caso existam lesões na boca;
  • O chato também pode ser transmitido pelo uso compartilhado de toalhas e roupas íntimas.

Quando fazer o teste de IST’s?

Por causa da existência de casos em que os sintomas passam despercebidos, uma das formas de evitar as consequências tardias das IST’s é fazer exames de controle, principalmente, nas seguintes circunstâncias:

  • Uso de objetos contaminados;
  • Relação sexual com parceiros diagnosticados;
  • Relação sexual sem proteção;
  • Transfusão de sangue contaminado;
  • Transmissão de mãe para filho durante o parto ou amamentação;
  • Se você percebeu alguma alteração compatível com os sintomas de IST (secreção uretral ou vaginal, feridas ou verrugas em genitais e dor ao urinar);

Quanto mais cedo ocorrer a descoberta de alguma Infecção Sexualmente Transmissível (IST), melhores são as chances de eficácia do tratamento. Por isso, não hesite em fazer o Teste de DSTs no Labi, eles são completamente sigilosos e você ainda pode realizá-los no conforto do seu lar, sem precisar sair de casa. 

Fique atento a janela diagnóstica: 

Todos os testes possuem um período denominado “janela diagnóstica”, que é o intervalo de tempo decorrido entre o contato com o vírus até a primeira detecção de antígeno ou anticorpo produzido pelo sistema de defesa do organismo. Isso quer dizer que, mesmo se a pessoa estiver infectada, o resultado do teste pode dar negativo se ela estiver no período de janela. 

Por isso, após expor a saúde em uma relação sexual desprotegida, é necessário esperar o prazo da janela diagnóstica, ou janela imunológica. Para o diagnóstico de sífilis e HIV, deve-se aguardar um intervalo de 30 dias após a exposição para realizar a testagem. 

Já na investigação das hepatites B e C, são necessários pelo menos 60 dias após o contato inicial com o vírus, segundo as recomendações da Vigilância de Infecções Sexualmente Transmissíveis da Secretaria de Saúde do DF.

Dessa forma, se o teste para a detecção de IST’s for realizado durante o período da janela imunológica, recomenda-se que, nos casos com resultados negativos em que permaneça a suspeita de infecção, a testagem seja repetida após, pelo menos, 30 dias, com a coleta de uma nova amostra. 

Mesmo assim, é muito importante ressaltar que, no período de janela diagnóstica, o vírus do HIV já pode ser transmitido, mesmo quando o resultado do teste for negativo. Por isso, em caso de suspeita de Infecções Sexualmente Transmissíveis não hesite em procurar o médico para que ele lhe oriente sobre quando você deve realizar os testes e quais são os cuidados necessários. 

Teste de IST’s em gestantes:

Uma outra ocasião em que também é muito importante realizar o Teste de IST’s é durante a gestação, mesmo que não haja suspeita de infecção, e o exame faz parte dos cuidados e avaliações de pré-natal. 

As gestantes devem realizar o teste, principalmente de HIV, sífilis e hepatite B, porque essas doenças podem ser transmitidas da gestante para o bebê durante a gravidez e a realização dos testes garante que os procedimentos de prevenção da transmissão vertical possam ser feitos.

Importância do diagnóstico precoce: 

A realização precoce do Teste de IST’s é essencial para evitar o agravamento do quadro, bem como para aumentar a expectativa de vida da pessoa infectada (principalmente no caso da AIDS).  Além disso, as infecções não tratadas podem gerar uma série de danos no trato reprodutivo, como, câncer cervical, sífilis congênita e infertilidade.

Fora isso, existe o fato de que ter uma IST ativa aumenta o risco de desenvolver outras infecções, isso porque, as lesões e inflamações favorecem o contágio. Portanto, o diagnóstico precoce e o tratamento adequado são imprescindíveis para prevenir o agravamento das infecções e o aparecimento de outras doenças. 

Por fim, o atendimento imediato das pessoas com IST e de seus parceiros, além de ter uma finalidade curativa, também ajuda na interrupção da cadeia de transmissão e na prevenção de outras IST e complicações decorrentes dessas infecções.

Onde fazer o Teste de IST’s?

No Labi, você faz o Teste de DSTs por apenas R$ 166,00 em até 3x sem juros e sem necessidade de pedido médico. O teste é completamente sigiloso e você é o único que tem acesso aos resultados, que podem ser consultados online, de forma rápida, fácil e descomplicada. Além disso, você escolhe se quer realizar o Teste de DSTs em uma de nossas unidades ou no conforto do seu lar, sem precisar sair de casa

E lembre-se que aqui no Labi, você conta com os exames, testes, vacinas e check-ups modernos e eficazes e tudo isso pelos melhores preços do mercado. Aproveite e cuide da sua saúde de maneira prática e descomplicada.


TAGS: Dezembro Vermelho
Quer receber novidades? Assine nossa newsletter

Quer receber novidades? Assine nossa newsletter: