Anti-Mulleriano: saiba mais sobre o exame de fertilidade

Publicado por: Letícia Lana Letícia Lana
13/11/2021
5 minutos de leitura
Mulher grávida segurando a barriga

A gravidez é o sonho de muitas mulheres e a espera pela chegada do bebê é sempre cheia de várias emoções. Porém, para que a gravidez saia como o planejado, o corpo da mulher precisa estar em perfeito funcionamento, inclusive os índices do hormônio anti-mulleriano.

Sendo um hormônio essencial para a fertilidade feminina, ele não é muito conhecido e muitas pessoas não sabem qual a sua função no organismo. Por isso, preparamos esse artigo explicando o que é o hormônio anti-mulleriano e qual sua relação com a fertilidade feminina. 

O que é Anti-Mulleriano?

O anti-mulleriano (AMH) é um hormônio sexual cuja a quantidade normalmente varia de acordo com o sexo e a idade e que atua no equilíbrio das ações do hormônio folículo-estimulante (FSH). O hormônio FSH, presente em homens e mulheres, regula a produção de espermatozoides nos homens e realiza a maturação dos óvulos durante a idade fértil em mulheres.

Nos meninos, a produção do hormônio anti-mulleriano é feita nos testículos e começa ainda quando estão no útero da mãe, inibindo o desenvolvimento dos órgãos reprodutivos femininos, enquanto promove o desenvolvimento de outros órgãos reprodutivos masculinos. Nos homens, o nível de AMH permanece alto até a puberdade e depois começa a diminuir.

Já nas mulheres, os níveis de AMH são baixos nos primeiros anos de vida, o que permite o desenvolvimento das estruturas reprodutivas femininas. Diferente dos homens, o nível de anti-mulleriano permanece baixo até a puberdade, quando os ovários começam a produzi-lo e os níveis aumentam. Após essa fase, a quantidade do hormônio vai diminuindo gradativamente ao longo de seus anos reprodutivos, tornando-se muito baixo e eventualmente indetectável após a menopausa .

Para medir os níveis desse hormônio no organismo, é preciso fazer o Exame de Anti-Mulleriano e seu resultado auxilia na análise da reserva ovariana (estimativa da quantidade de óvulos que a mulher ainda pode produzir). Essa reserva difere de uma pessoa para outra e depende de fatores como idade e presença, ou não, de distúrbios hormonais ou nos ovários.

Anti-Mulleriano e a fertilidade:

Mas afinal, qual a importância do hormônio anti-mulleriano para a gravidez? Muitas pessoas não sabem, mas o hormônio anti-mulleriano é uma glicoproteína produzida pelos folículos ovarianos – que são pequenas estruturas que abrigam os óvulos até a ovulação – e tem um efeito de equilíbrio nas ações cíclicas mensais do processo de maturação e liberação do óvulo (ovulação). 

Por conta disso, o anti-mulleriano é responsável por indicar a quantidade de óvulos que estão disponíveis para reprodução, ponto principal para que a fecundação ocorra. Inclusive, o Exame de Anti-Mulleriano é um dos mais solicitados para saber se a mulher está apta ou não à gestação. 

Como é natural do corpo, com o passar dos anos, a mulher vai diminuindo a produção dos óvulos – fator que começa a acontecer depois dos 35 anos e segue até a menopausa – e consequentemente os níveis de anti-mulleriano vão baixando também. 

Quando fazer o Anti-Mulleriano?

O Exame de Anti-Mulleriano é indicado para mulheres que desejam realizar fertilização em vitro ou tratamentos para engravidar. Mulheres com idade avançada que desejam ser mãe também fazem parte do grupo que precisa verificar os índices do hormônio anti-mulleriano

Além disso, também é indicado medir os níveis de anti-mulleriano nos seguintes casos:

  • Mulheres que desejam congelar os óvulos – para uso próprio ou doação;
  • Casos de menopausa precoce; 
  • Mulheres que estão passando por tratamentos de infertilidade; 
  • Para preservar a fertilidade antes de tratamentos invasivos.

Vale lembrar que o Exame de Anti-Mulleriano é realizado por meio de uma amostra de sangue e pode ser feito em qualquer período, já que os níveis não sofrem alterações durante o ciclo menstrual. 

Exame Anti-Mulleriano

Quais são os resultados do Anti-Mulleriano?

Os resultados do Exame de Anti-Mulleriano acompanham os valores de referência aproximados para cada gênero e idade, além do índice de resposta ovárica, que é a análise dos ovários, ou seja, se a quantidade estimada de óvulos é ou não satisfatória para a fecundação.

Anti-Mulleriano no Labi

Aqui no Labi, você faz o Exame de Anti-Mulleriano por R$ 228,00 em 3x sem juros.

Aproveite e faça seu exame por um dos melhores preços do mercado, seu resultado sai em até 11 dias úteis e você ainda tem a tranquilidade de realizar o exame em um laboratório de alta qualidade e confiança.

No Labi, você faz o Exame de Anti-Mulleriano sem necessidade de pedido médico e com resultados rápidos e super fáceis de entender.  E o melhor: você pode fazer o exame em qualquer uma de nossas unidades ou no conforto do seu lar, através do Labi em Casa

Artigos Relacionados:

Beta HCG: tudo o que você precisa saber sobre o teste de gravidez

O que é o exame NIPT?

Saúde feminina: os exames mais importantes para mulheres

Qual a diferença entre a sexagem fetal e o NIPT?

TAGS: Anti-Mulleriano Fertilidade
Quer receber novidades? Assine nossa newsletter

Quer receber novidades? Assine nossa newsletter: