Conheça os sintomas da hepatite

Publicado por: Equipe Labi Equipe Labi
11/07/2019
3 minutos de leitura

Um dos grandes problemas da Hepatite é a falta de sintomas. Por isso, muitos levam anos até descobrir que estão com a doença, o que é grave. O melhor a fazer, então, é ficar atento aos principais sinais e saber a hora de fazer os exames de prevenção.

Antes abordar os sintomas da hepatite, vale salientar as diferenças entre hepatite aguda e hepatite crônica. A primeira fase – a aguda – na maioria dos casos, evolui para a cura. Em contrapartida, a segunda fase – a crônica – mesmo sendo silenciosa, pode evoluir para situações mais graves como cirrose e até câncer.

A boa notícia é que, se descoberta a tempo, mesmo a fase crônica de hepatite C tem cura, principalmente com a utilização de novos medicamentos. Lembre sempre: quanto antes for detectada a fase crônica, melhor será a resposta ao tratamento.

Principais sintomas da hepatite

Como dito anteriormente, na maioria dos casos, a hepatite é assintomática e, quando há indícios, normalmente ela já está em estágio avançado. Abaixo, alguns dos indícios mais comuns:

  • Mal-estar
  • Enjoo / Vômitos
  • Febre
  • Fraqueza
  • Dor abdominal
  • Perda de apetite
  • Urina escura
  • Olhos e pele amarelados
  • Fezes esbranquiçadas

Hepatite A

Na maioria dos casos, o vírus responsável pela Hepatite A não causa sintomas e, quando presentes, podem ser confundidos com uma virose qualquer. Dores musculares, febre, mal-estar, cansaço, náuseas e vômitos. Muitas pessoas acabam contraindo a doença e nem percebem. Em um período curto de tempo, o agente é eliminado do organismo.

Hepatite B

Assim como a tipo A, a fase aguda dessa doença pode passar despercebida. Uma boa notícia é que a maioria dos pacientes consegue eliminar o vírus e apenas cerca de 5% a 10% evolui para a fase crônica. Nessa etapa, muitas vezes, já aparecem problemas no funcionamento do fígado. Amarelamento da pele, ascite, aumento do baço e distúrbios de atenção e de comportamento são alguns dos sintomas. A evolução da doença crônica depende da resposta do sistema imunológico, consumo de álcool e eventual infecção por outro vírus.

O Labi recomenda

Hepatite C

Da mesma maneira, a Hepatite C raramente tem sintomas em sua forma aguda. Em alguns casos, entretanto, a pessoa pode sentir mal-estar, náuseas, pele amarelada, dor muscular, perda de peso e cansaço. Já na maioria das vezes, os indícios só aparecem anos após a infecção, quando o paciente já apresenta um quadro grave com risco de desenvolver cirrose, câncer no fígado e insuficiência hepática.

Melhor prevenir

Nas doenças silenciosas, a melhor forma de prevenção é descobrir precocemente. Isso vale para as hepatites crônicas. Segundo o Fundo Mundial para a Hepatite da ONU, apenas 5% das pessoas infectadas cronicamente com os vírus B e C sabe desta condição. Assim, não deixe de realizar seus check ups para se prevenir. Cuide da sua saúde!

CONTEÚDOS MAIS LIDOS

Atenção à dengue no verão
Dicas de Saúde Testes

Atenção à dengue no verão

18/02/2020 3 minutos de leitura
Tipo de sangue: você sabe qual é o seu?
Exames

Tipo de sangue: você sabe qual é o seu?

14/06/2019 3 minutos de leitura
Quer receber novidades? Assine nossa newsletter

Quer receber novidades? Assine nossa newsletter: