Hipertensão: tire suas dúvidas sobre a pressão alta

Publicado por: Letícia Lana Letícia Lana
05/05/2022
6 minutos de leitura
Aparelho de medir a pressão

Popularmente conhecida como pressão alta, a hipertensão é uma doença que mata mais de 10 milhões de pessoas por ano no mundo e, no Brasil, os números também são alarmantes. Hoje, segundo dados da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), cerca de 30% dos brasileiros são hipertensos.

Mas você sabe exatamente o que é a hipertensão e o que ela causa em nosso organismo? Preparamos este artigo para te informar sobre a doença e a melhor maneira de preveni-la. 

O que é a hipertensão?

A hipertensão arterial é o aumento descontrolado – e por um longo período de tempo – da pressão que faz o sangue circular pelas artérias do corpo, um processo natural que garante que todas as partes do organismo receberão oxigênio para se manterem vivas.

Vale lembrar que a pressão varia ao longo do dia. Por isso, consideramos uma pessoa hipertensa quando sua pressão fica maior ou igual a 14 por 9 na maior parte do tempo. A partir desse limite, o risco da pessoa desenvolver problemas cardiovasculares aumenta significativamente. 

A hipertensão prejudica o organismo como um todo, não apenas o sistema cardiovascular. Segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia, a hipertensão também agrava quadros de insuficiência renal, podendo causar problemas de visão, entre outros prejuízos. Ainda segundo a instituição, existem dois tipos de hipertensão: a primária e a secundária. Falaremos deles a seguir.

Hipertensão primária:

A hipertensão primária é aquela que surge ao longo do tempo e não está relacionada com problemas de saúde pré-existentes ou com o uso de algum tipo de substância ou medicamento e, por isso, a causa é mais difícil de identificar.

Este é o tipo mais comum de hipertensão e normalmente está relacionada com os seguintes fatores:

  • Genética;
  • Má alimentação;
  • Falta de atividade física.

Além disso, a idade também é um fator que pode causar aumento da pressão arterial devido à diminuição da elasticidade dos vasos sanguíneos. Por conta disso, a hipertensão é mais comum em idosos.

Hipertensão secundária: 

A hipertensão secundária é mais rara e geralmente se desenvolve por conta de problemas de saúde pré-existentes, como:

  • Doença renal;
  • Problemas cardíacos;
  • Alterações da tireoide;
  • Uso de alguns medicamentos;
  • Consumo excessivo de bebidas alcoólicas;
  • Doenças hormonais.

O que causa a hipertensão? 

A hipertensão surge quando há alguma alteração que causa dificuldade para o sangue circular nos vasos sanguíneos, aumentando a pressão e o esforço que o coração precisa fazer para que o sangue circule corretamente. 

Essa alteração, ao longo dos anos, prejudica a saúde das veias, artérias e vasos, deixando-os mais suscetíveis a rompimentos, no caso dos AVCs e aneurismas, e também fragiliza o músculo cardíaco que fica sobrecarregado e fragilizado.

Como saber se tenho hipertensão arterial?

A hipertensão é uma doença silenciosa, o que a torna ainda mais perigosa, pois, muitas vezes, só é diagnosticada quando os danos ao organismo já estão acontecendo. Ou seja, se a pessoa sentir algum sintoma, provavelmente a doença já está em uma fase mais avançada. 

Mesmo assim, fique atento, caso sinta os seguintes sintomas: 

  • Dor de cabeça;
  • Falta de ar;
  • Visão borrada;
  • Zumbido no ouvido;
  • Tontura;
  • Dores no peito.

Lembrando que, caso tenha alguns destes sintomas, é fundamental manter contato com o seu médico de confiança, pois esse profissional conseguirá fazer o seu diagnóstico e elaborar o melhor tratamento para o seu caso. 

Como diagnosticar a hipertensão

O diagnóstico da hipertensão arterial deve ser feito com a ajuda de um profissional de saúde que, além de analisar o histórico do paciente e sintomas, também poderá solicitar exames complementares. Confira, a seguir, os principais exames que ajudam no diagnóstico da doença:

No Labi, você encontra todos  estes exames com os melhores preços. Acesse o site e confira a unidade mais perto de você ou se preferir, agende os exames em casa, no conforto do seu lar.

Como prevenir a hipertensão?

Adotar um estilo de vida saudável é a chave para prevenir e combater a pressão alta. Não ser sedentário e praticar exercícios físicos, especialmente atividades aeróbicas, como correr e nadar, induz a liberação do óxido nítrico, substância vasodilatadora que relaxa as artérias e ajuda a manter a pressão mais baixa. 

Outro ponto fundamental é ficar atento à alimentação que deve ser baseada em generosas doses de vegetais, frutas, legumes, grãos integrais e alimentos in natura, como um todo, que são repletos de nutrientes como potássio, cálcio e magnésio – minerais que ajudam a regular a contração dos vasos sanguíneos e do coração.

Também deve-se evitar alimentos processados e ultraprocessados, como lasanha congelada, macarrão instantâneo e salgadinhos, pois, além de serem pouco nutritivos, ainda têm grandes quantidades de sódio, um dos maiores vilões para quem sofre de hipertensão arterial.

A recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) é ingerir no máximo 5 gramas de sal por dia. Isso equivale a uma colher de chá. Para que você tenha uma ideia do quanto de sal está escondido nos alimentos, um pacote de macarrão instantâneo possui quase 2g de sódio. É quase metade do consumo diário de sódio recomendado! Por isso, é importante ler o pacote dos alimentos antes de comprá-los.

Além disso, não fumar, não exagerar no consumo de bebidas alcoólicas e dormir bem é fundamental. É importante também arrumar uma brecha na agenda para incluir momentos de lazer capazes de aliviar o estresse do dia a dia, outro sabotador da nossa saúde.

Por fim, não se esqueça de ir ao médico frequentemente e fazer um check-up da sua saúde sempre que possível. 

E conte com o Labi para te ajudar a cuidar da sua saúde. Aqui você faz seus exames, testes, check-ups e vacinas no conforto do seu lar, sem precisar sair de casa, e pelos melhores preços do mercado. 

TAGS: Hipertensão Pressão Alta

CONTEÚDOS MAIS LIDOS

Calendário de vacina: saiba como seguir
Vacinas

Calendário de vacina: saiba como seguir

01/04/2022 7 minutos de leitura
O que são as IST?
Dicas de Saúde Testes

O que são as IST?

07/12/2021 10 minutos de leitura
Quer receber novidades? Assine nossa newsletter

Quer receber novidades? Assine nossa newsletter: