Hemograma completo: quais doenças são detectadas?

Publicado por: Equipe Labi Equipe Labi
16/07/2019
2 minutos de leitura

Com certeza você já fez um hemograma completo. Esse exame é um dos mais comuns e tem como principal objetivo avaliar, de uma maneira geral, a saúde do paciente. Agora, você sabe como ele funciona? Quais doenças pode detectar? Aproveite este post e tire as suas dúvidas.

O que é um hemograma completo?

O hemograma completo é um exame de sangue que analisa a quantidade e a forma de três tipos de células no sangue: hemácias, leucócitos e plaquetas. Esses componentes são avaliados a partir de uma comparação com valores de referência (os números podem variar de acordo com sexo e idade).

O Labi recomenda

Composição do sangue

Para entender melhor sobre o hemograma é preciso entender um pouco mais sobre o sangue. O sangue tem um papel essencial na manutenção e proteção do corpo humano. Ele é responsável pelo transporte de oxigênio, nutrientes e outras substâncias nas células.

Sua composição é feita de:

  • Hemácias: glóbulos vermelhos encarregados de transportar oxigênio para o organismo
  • Leucócitos: glóbulos brancos que atuam contra infecções
  • Plaquetas: cuidam da coagulação do sangue

Dessa forma, uma mudança no padrão dessas células indica que algo está errado no corpo. Ou seja, o hemograma completo é fundamental para essa análise. Por exemplo, se uma pessoa apresenta uma quantidade muito baixa de hemácias, pode ser que esteja com anemia. Já um total de glóbulos brancos (leucócitos) acima do esperado, pode ser um indicativo de infecção.

Para que serve o hemograma completo?

O hemograma é uma grande ferramenta para descobrir como está a saúde do paciente. Resultados anormais indicam que algo está errado e, a partir daí, é possível iniciar uma investigação médica. Dentre as doenças possíveis de identificar estão:

  • Leucemias e linfomas
  • Infecções
  • Anemias
  • Distúrbios da medula óssea
  • Inflamações
  • Alterações na imunidade

Além desses casos, o exame também garante que o paciente possa fazer uma cirurgia e mostra como o corpo reage a determinados tratamentos.

Quando fazer?

Na maioria dos casos, um hemograma faz parte dos exames de rotina. Mas, algumas vezes, pode ser solicitado para investigar a causa de sintomas como fraqueza; cansaço; sangramento do nariz, gengivas ou pele; anemia; infecções; doenças do sangue e manchas rochas em grande quantidade.

CONTEÚDOS MAIS LIDOS

Atenção à dengue no verão
Dicas de Saúde Testes

Atenção à dengue no verão

18/02/2020 3 minutos de leitura
Vacinas essenciais para mulheres
Vacinas

Vacinas essenciais para mulheres

01/04/2022 9 minutos de leitura
Quer receber novidades? Assine nossa newsletter

Quer receber novidades? Assine nossa newsletter: