Sexagem fetal: o que é e quais as suas vantagens

Publicado por: Equipe Labi Equipe Labi
19/06/2019
5 minutos de leitura
Mulher grávida de bebê com a mão na barriga

Hoje em dia é muito comum ver nas redes sociais casais divulgando seus chás de revelação. Bolos com recheio rosa ou azul, caixa de balões, piñatas, drinks coloridos… são várias as formas de fazer. Isso porque o que antes era preciso esperar até o nascimento, agora é possível descobrir com 8 semanas de gestação. Sim, estamos falando da sexagem fetal.

Mas, afinal, o que é a sexagem fetal e qual a sua vantagem?

O que é a Sexagem Fetal?

Primeiramente, é importante saber que a sexagem fetal não é um exame médico e sim uma nova técnica para determinar o sexo do bebê. Em comparação ao ultrassom, essa técnica é segura, não invasiva, não apresenta risco para a mãe e o feto e, ainda, promove o resultado com uma grande antecedência.

Como é feita a Sexagem Fetal?

Para realizar o exame, uma pequena amostra de sangue é coletada da grávida e através dessa amostra é possível identificar e analisar, por meio de biologia molecular, frações de DNA do bebê no plasma da mãe.

Em seguida, o exame detecta no DNA do bebê a presença ou não de pedaços do cromossomo Y. Como esse cromossomo só faz parte do sexo masculino, a presença dele indica um menino; e sua ausência, uma menina. 

Qual o valor da Sexagem Fetal?

Aqui no Labi, você faz o Teste de Sexagem Fetal por R$ 178,00 em 3x sem juros.

Aproveite e faça a sua sexagem fetal por um dos melhores preços do mercado, seu resultado sai em até 6 dias úteis e você ainda tem a tranquilidade de realizar o exame em um laboratório de alta qualidade e confiança.

Teste de Sexagem Fetal

Por que fazer a Sexagem Fetal?

Como dito anteriormente, a sexagem fetal, na maioria dos casos, é feita para satisfazer a curiosidade dos pais e não por questões de saúde. Entretanto, esse exame pode ser aplicado para atender a outras finalidades médicas como, por exemplo, a avaliação diagnóstica de doenças genéticas ligadas ao sexo, como a síndrome do X-frágil, a hemofilia e a distrofia muscular.

Um caso que merece atenção é a hemofilia: distúrbio da coagulação do sangue que provoca hemorragias constantes no corpo e, quando graves, em órgãos internos. Ela é hereditária e normalmente transmitida da mãe para o filho.

Assim, em mulheres portadoras do gene da hemofilia, se o exame da sexagem fetal mostrar que o bebê é do sexo masculino, alguns cuidados deverão ser tomados em relação ao diagnóstico da doença no feto e preparação do parto para evitar sangramento no recém-nascido.

Com quantas semanas posso fazer a Sexagem Fetal?

O Teste de Sexagem Fetal pode ser feito a partir da 8ª semana de gestação e, conforme falamos, é a alternativa mais rápida para descobrir o sexo do neném, já que pelo ultrassom só é possível dizer o genêro do bebê a partir da 13ª semana. 

Caso você faça o exame com menos de 8 semanas, possivelmente terá um resultado inconclusivo. Por isso, é essencial que você informe a semana de gestação e a data da última menstruação antes de fazer o exame. 

A Sexagem Fetal pode dar errado?

O Teste de Sexagem Fetal tem 99% de taxa de acerto, ou seja, de cada 100 exames realizados, 1 poderá ter alteração no resultado. Porém, a divergência nos resultados é incomum e geralmente estão associadas a alguns fatores que podem influenciar o resultado do exame: 

  • Os níveis de DNA fetal podem ainda não ter atingido uma concentração boa para análise;
  • Se a mãe recebeu transplantes e transfusões de sangue anteriormente. 

A Sexagem Fetal é segura?

O Teste de Sexagem Fetal é um procedimento não invasivo completamente seguro e não apresenta nenhum tipo de risco para a mãe ou para o bebê, isso porque o exame é feito através de uma amostra de sangue, que é super fácil e rápida de ser coletada.  

Sexagem Fetal em gêmeos

As mulheres grávidas de gêmeos também podem fazer a sexagem fetal. Porém, o mais importante é saber que o resultado pode ser parcial quando a gestação for bivitelina (duas placentas). Isso porque há a possibilidade de não se saber o sexo dos dois bebês.

Funciona assim: na ausência do cromossomo Y, é possível ter a certeza de que são duas meninas. Por outro lado, na presença do cromossomo Y, pode-se saber que apenas um feto é do sexo masculino e não tem como garantir o sexo do segundo.

No caso da gravidez de gêmeos univitelinos (mesma placenta), não há problema com a parcialidade. O resultado da sexagem fetal é a mesma para os dois bebês, já que eles são idênticos.

Sexagem Fetal no Labi

Descobrir se o seu bebê vai ser menina ou menino é um dos momentos mais esperados de toda a gravidez e você pode contar com o Labi para tornar esse momento o mais descomplicado possível. 

No Labi, você faz o Teste de Sexagem Fetal sem necessidade de pedido médico e com resultados rápidos e super fáceis de entender.  E o melhor: você pode fazer o exame em qualquer uma de nossas unidades ou no conforto do seu lar, através do Labi em Casa

Quer receber novidades? Assine nossa newsletter

Quer receber novidades? Assine nossa newsletter: