Câncer de próstata: conheça os exames preventivos

Publicado por: Letícia Lana Letícia Lana
16/11/2021
5 minutos de leitura
Homem segurando fita do Novembro Azul

O rastreamento do câncer de próstata – os famosos exames de prevenção – devem ser feitos por todos os homens, mesmo os que não têm quaisquer sintomas ou indícios da doença. Mas, afinal, você sabe quais são os exames preventivos e como eles funcionam?

Existem quatro principais exames preventivos que devem fazer parte da rotina de check-up do homem: o Exame de PSA, o toque retal, a ultrassonografia e a ressonância magnética da próstata. 

Aproveitando o Novembro Azul, preparamos um artigo para te explicar sobre cada um deles. 

Exame de PSA

O PSA, também conhecido por “Antígeno Prostático Específico”, é uma enzima produzida pelas células da próstata cujo aumento da concentração pode indicar alterações no órgão, como, prostatite, hipertrofia benigna da próstata ou até mesmo câncer de próstata. 

As medições dessa enzima são feitas de acordo com a solicitação médica e podem ser do PSA Total, que corresponde a quantidade total de PSA presente no organismo, ou do PSA livre que é a quantidade de PSA que circula solta no sangue, sem estar ligada a nenhum outro elemento.

Para que se possa saber de fato se há qualquer alteração na próstata, o médico recomenda a realização da dosagem de  PSA Livre/ Total, que é a relação entre o PSA livre e o PSA total, fundamental para diagnóstico do câncer de próstata. Quando o homem tem PSA Total acima da normalidade, o urologista indica a realização do PSA Livre/ Total, para refinar a investigação de problemas na próstata. 

O valor do PSA também pode estar aumentado devido à uma infecção urinária, retenção urinária ou devido à realização recente de algum procedimento médico na região, como cistoscopia, toque retal, biópsia, cirurgia da próstata ou ressecção transuretral da próstata. Dessa forma, é muito importante que o resultado do exame seja avaliado pelo médico que solicitou o exame

Na maioria dos casos, o Exame de PSA Total é recomendado para todos os homens a partir dos 45 anos de idade, pelo menos 1 vez ao ano e ele também deve ser feito sempre que existir suspeita de uma alteração urinária ou na próstata. O Exame de PSA Total é super simples e é feito apenas com uma pequena amostra de sangue. Aqui no Labi, você escolhe se prefere fazer o exame em uma de nossas unidades ou no conforto do seu lar. 

Exame de PSA

Exame de toque retal: 

No exame de toque retal o médico urologista avalia, através do toque, o tamanho, densidade e formato da próstata, além de verificar a presença de nódulos e outras anormalidades neste órgão, para avaliar se existe alguma alteração no órgão que pode indicar a presença de doenças como câncer de próstata,  hiperplasia benigna da próstata, fissura anal, hemorróidas e outros. 

Portanto, ele é um exame muito importante para auxiliar no diagnóstico precoce de câncer de próstata, aumentando as chances de cura. O procedimento é rápido indolor e não traz riscos à saúde.

Por conta de sua importância, o toque retal é indicado para homens a partir dos 50 anos com ou sem sinais e sintomas de alteração no órgão, e em homens a partir dos 45 anos que têm histórico de câncer de próstata na família antes dos 60 anos.

Ressonância magnética e ultrassonografia da próstata

A Ressonância magnética da próstata, é um exame de imagem capaz de mostrar com definição as estruturas internas do órgão, sendo importante para avaliar possíveis patologias na próstata, a glândula sexual dos homens. Para a realização desse exame não é preciso qualquer tipo de preparo, apesar de poder ser necessário o uso de um contraste, em alguns casos, através da injeção do medicamento pela veia. 

O ultrassom da próstata, também chamado de ultrassom transretal, é outro exame de imagem que tem como objetivo avaliar a saúde da próstata, permitindo identificar alterações ou lesões que possam estar presentes e que podem ser indicativos de infecção, inflamação ou câncer de próstata, por exemplo.

Esse exame é recomendado principalmente para homens a partir dos 50 anos. No entanto, caso o homem tenha histórico de câncer de próstata na família ou tenha tido resultado alterado no Exame de PSA Total, pode ser recomendada a realização desse exame antes do 50 como forma de prevenir doenças.

Vale lembrar que apenas os exames não são suficientes para diagnosticar o câncer de próstata e o diagnóstico definitivo é feito pelo exame anatomopatológico do material de biópsia. É muito importante que o resultado de todos os exames sejam avaliados por um médico.

Lembre-se de que manter seus cuidados com a saúde em dia é indispensável! E para te ajudar, o Labi conta com o Check-up do Homem mais de 45 anos, o Check-up do Homem até 45 anos e o Check-up do Homem Trans. Portanto, não deixe de cuidar da sua saúde e faça um check-up no Labi de forma simples, descomplicada e da maneira que melhor se encaixa na sua rotina, seja em uma de nossas unidades ou no conforto do seu lar, estamos sempre preparados para te oferecer o melhor do cuidado pelos melhores preços do mercado.

Artigos Relacionados: 

Saúde do homem e doenças cardiológicas

Prostatite: causas, sintomas e tratamento

A importância do check-up no início do ano

Bebidas alcoólicas e os cuidados com consumo excessivo no fim do ano

TAGS: câncer de próstata Novembro Azul
Quer receber novidades? Assine nossa newsletter

Quer receber novidades? Assine nossa newsletter: