Como a trajetória da colaboradora mais antiga nos ajudou a construir uma nova área no Labi

Publicado por: Equipe Labi Equipe Labi
03/03/2020
3 minutos de leitura

Você sabe de quem é a voz do atendimento telefônico da nossa Central de Relacionamento ao Cliente? É da colaboradora mais antiga e com uma trajetória bem especial no Labi. Venha conferir a história da funcionária Regiane Carvalho, que já passou pelas unidades e hoje atua no escritório como Analista de Relacionamento Pleno, desempenhando um papel importante nos cuidados aos nossos clientes!

Em abril de 2017, Marcelo Noll Barboza e Octavio Fernandes fundaram o Labi, um laboratório focado em oferecer diagnósticos de qualidade com preços acessíveis. O lançamento da primeira unidade estava previsto para outubro do mesmo ano e foi no mês anterior à inauguração que a colaboradora Regiane iniciou a sua jornada na empresa.

Começou atuando como recepcionista da unidade Santo Amaro, indo depois para as unidades Centro e Pinheiros. Sua grande experiência com atendimento e gestão de pessoas, principalmente na área de Saúde, foi um diferencial que fez com que a Regiane fosse muito mais do que a colaboradora mais antiga do Labi. 

Após a abertura das três primeiras unidades, o aumento da demanda de informações via telefone e WhatsApp também cresceram, surgindo a necessidade de implementar uma Central de Relacionamento.  

Ela é um dos principais pontos de referência em como esclarecer dúvidas e orientar os clientes sobre os nossos produtos e serviços, envolvendo também o suporte para as unidades no período pós-vendas. “Eu aprendi aqui que cada atendimento deve ser tratado como único, e que tudo que é possível deve ser feito para a satisfação no atendimento do cliente”, afirma Regiane.

Dos 2 anos de 11 meses de operações do Labi, a Regiane está há 2 anos e 5 meses na empresa, tendo como inspiração o presidente e co-fundador Marcelo Noll Barboza.

Ele é super humano, humilde e muito sensato.

Quando questionada sobre a principal motivação para continuar ajudando a cuidar da saúde dos brasileiros no Labi, a resposta é que o Guia de Cultura com princípios e valores da empresa é uma realidade no dia a dia dos colaboradores. 

Toda essa experiência fez com que ela aperfeiçoasse o seu conhecimento em exames laboratoriais, além de melhorar ainda mais a forma de atender com rapidez e eficácia as demandas que aumentam a cada dia.

“Aqui foi onde eu me encontrei, descobri realmente que amava atender pessoas e tinha uma certa facilidade de aprender assuntos da área. E percebi que muitas vezes meu trabalho trouxe felicidade e alegria em assuntos críticos”, complementa.  

Quem diria que sua trajetória no Labi ainda a motivou estudar Biomedicina e ter interesse em desenvolvimento de pessoas, não é mesmo? Se depender da gente, estamos na torcida para que a Regiane tenha muito sucesso em sua carreira!

CONTEÚDOS MAIS LIDOS

Retrospectiva: Labi Exames em 2019
Institucional

Retrospectiva: Labi Exames em 2019

02/01/2020 1 minuto de leitura
Quer receber novidades? Assine nossa newsletter

Quer receber novidades? Assine nossa newsletter: