Herança genética é uma das principais causas de colesterol alto

Publicado por: Equipe Labi Equipe Labi
15/02/2019
3 minutos de leitura

O colesterol alto é um dos maiores fatores de risco da atualidade. Quadros de saúde críticos como hipertensão, cardiopatia e AVCs (ou acidente vascular cerebral, os famosos “derrames”) têm taxas de ocorrência muito maiores entre pessoas com altos níveis de colesterol. E o principal fator de influência nestes elevados níveis é o fator genético.

Se a principal causa do colesterol alto é genética, o que eu posso fazer?

Antes de mais nada, o fator genético não é a causa do colesterol alto – ele é um fator de predisposição. Isto quer dizer que, mesmo com histórico na família, você pode reverter este quadro controlando os seus níveis de colesterol e incluindo hábitos como atividades físicas e alimentação saudável no seu dia-a-dia.

O Labi recomenda

O primeiro passo é fazer verificações periódicas dos seus níveis de colesterol. Como eles são influenciados por fatores como alimentação e stress, variações podem acontecer em um curto período de tempo. Até mesmo problemas aparentemente não relacionados, como uma disfunção hepática, podem causar alteração nos níveis de colesterol, já que o fígado é responsável por boa parte da produção e pelo processamento deste componente.

Exames para acompanhamento do colesterol

Com exames completos, como o de colesterol total, HDL e LDL, você e seu médico podem acompanhar sua saúde de perto e evitar problemas graves no longo prazo. Conheça aqui os exames de colesterol do Labi.

Hábitos que ajudam a controlar o colesterol

Com um acompanhamento frequente você estará apto a perceber que hábitos no seu dia-a-dia ajudam na manutenção de adequados níveis de colesterol, de acordo com a sua genética. Mantenha o nível do colesterol dentro dos valores recomendados, e experimente no seu dia-a-dia:

  •  Consumir alimentos ricos em fibra, como vegetais e frutas que absorvem a gordura
  •  Evitar enlatados, frituras e embutidos
  •  Fazer exercício físico
  •  Não fumar e evitar fumaça de cigarro

Além disso, alguns tratamentos podem incluir também uso de medicamentos denominados de estatinas. Na consulta com o seu médico ele indicará a melhor opção de tratamento. Não utilize medicamentos sem a prescrição médica.

Comece agora a acompanhar o seu colesterol. Conheça os exames do Labi.

CONTEÚDOS MAIS LIDOS

Conheça os sintomas da hepatite
Check-ups Exames Testes

Conheça os sintomas da hepatite

11/07/2019 3 minutos de leitura
Quer receber novidades? Assine nossa newsletter

Quer receber novidades? Assine nossa newsletter: